Ecoturismo
Home » Ecoturismo

OBSERVAÇÃO DE AVES COMO ATIVIDADE TURÍSTICA


A observação de Aves pode ser uma atividade turística resultante da vertente contemplativa do ecoturismo. A Associação Americana de Observadores de Aves (ABA) tem cerca de 20 mil sócios e aproximadamente 13 mil deles realizam mais de 10 viagens por ano para observar aves, podendo gastar mais de três mil dólares por pessoa em cada viagem realizada. Tais dados referem-se ao ano de 1997, e segundo essa associação, o número vem crescendo consideravelmente ano após ano.
A atividade, infelizmente, ainda é pouco difundida e explorada no Brasil. O mercado nacional já apresenta algumas opções para a prática da observação de aves, porém, ainda são iniciativas isoladas e pouco divulgadas nos mercados nacional e internacional. Devido ao grande potencial que a nossa avifauna apresenta, é apenas uma questão de tempo, maior divulgação e planejamento, para que se tenha reais condições de difundir e explorar a atividade, atendendo a demanda desse tipo de atividade e ampliando a oferta de atividades de ecoturismo que podem ser oferecidas por empresas da área. Trata-se de uma atividade saudável, não somente pelo contato íntimo com a natureza, mas também por ser considerada uma agradável terapia de relaxamento, aliviando o stress do dia-a-dia e, permitindo, ainda, que o praticante obtenha informações importantes da fauna e flora local. A observação de aves envolve a prática de caminhada ao ar livre procurando integrar o homem aos demais componentes do meio ambiente. Uma vez que esta atividade proporciona um contato aprofundado com a natureza, ela agrega a educação ambiental através do conhecimento. Este contato desperta o interesse pela procura de aves, visando satisfação e relaxamento para o praticante, e para a ave a garantia de sair incólume.
A prática desta atividade é muito organizada e difundida em países do Hemisfério Norte, reunindo milhões de pessoas, que viajam o mundo inteiro, inclusive para o Brasil, à procura de novas espécies e novos desafios. O Brasil possui 8,5 milhões de km²  e ocupa 47,3% da superfície da América do Sul, sendo o quinto país do globo em extensão territorial. O Brasil, portanto, tem grandes razões para ser o segundo país do mundo em espécies de aves. As 1.825 espécies de aves catalogadas no Brasil (CBRO, 2010) correspondem a aproximadamente 18% das aves descritas em todo o planeta, que apresenta 9.700 espécies catalogadas. Este índice evidencia o potencial dessa prática como atividade ligada ao ecoturismo no Brasil, o que deverá, em médio prazo ser explorada e praticada em nosso país em maior escala e com infraestrutura adequada. O Brasil apresenta ainda outro ponto bastante favorável para a prática da observação de aves: é campeão em espécies endêmicas, com 191 espécies.
O que significa que, um observador de aves, somente poderá contemplar estas espécies em solo brasileiro, fato que explorado corretamente poderá atrair uma grande quantidade de turistas estrangeiros para a prática de observação das aves brasileiras. Objetivando o progresso da observação de aves, o COAVE está desenvolvendo projetos que contribuem com a disseminação da atividade em todo o Vale Europeu. Como qualquer outra atividade de ecoturismo, que visa a sua sustentabilidade, a disseminação desta cultura na população local é fator imprescindível para o crescimento da atividade, o que levará a melhores condições de implantação de projetos na área e um melhor serviço a ser oferecido ao turista.


Fonte: Guia de Observação de Aves do Vale Europeu / Lorival Beckhauser, Maicon Mohr, Marlon Jackson Tafner. Blumenau: Nova Letra gráfica e editora, 2004.104p.




  • tmp/in(440x500)-1_eco.jpg

  • tmp/in(440x500)-2_eco.jpg

  • tmp/in(440x500)-3_eco.jpg

  • tmp/in(440x500)-4_eco.jpg

Entre em contato
com o COAVE
Associe-se ao
COAVE e acompanhe
nosso trabalho
Região turística do Vale Europeu - Santa Catarina - Brasil | By Vale da Web