Biblioteca de Áves
Home » Biblioteca de Aves » Coleirinho
Nome Popular

Coleirinho


Outros nomes populares
Coleiro, Coleirinha, Papa-capim


Nome Científico
Sporophila caerulescens


Nome em Inglês
Double-collared Seedeater

Família

Emberizidae

Tamanho

11 cm

Descrição

Partes superiores cinza-escura, às vezes com uma tinta esverdeada, face, garganta e anterior e faixa sobre o papo negras; estria malhar, nódoa na garganta posterior e barriga brancas ou amareladas, especulo tanto pode estar presente como pode faltar; bico de colorido variado: cinzento, amarelo, esverdeado ou anegrado, o que corresponde a várias denominações populares (“coleira-bico-laranja”, “caleira-bico-de-chumbo”, etc.)

Dimorfismo sexual

O macho, com seu inconfundível colar branco e negro recebeu essa denominação. Além do colar, ao lado da garganta negra um “bigode” branco define a área sob o bico amarelado ou levemente cinza esverdeado. A fêmea é toda parda, mais escura nas costas. Sob luz excepcional, é possível ver que ela também possui o esboço do desenho da garganta do macho. Fêmea parecida àquelas de Sporophila plúmbea, sporophila nigricollis e Sporophila albogularis. As fêmeas não são canoras.

Dimorfismo juvenil

Os machos juvenis saem do ninho com a plumagem idêntica à fêmea.

Habitat

Vive nos campos de cultura e capinzais.Fora do período reprodutivo, é uma ave de comportamento gregário, vivendo em grupos de 6 a 20 indivíduos, inclusive as vezes formando grupos mistos com outras espécies de papa-capins e tizius. O peso e tamanho reduzidos permitem a esta ave alcançar as sementes de gramíneas trepando pela haste das plantas. Assim como outras aves o coleirinho foi beneficiado pela introdução de algumas gramíneas africanas, especialmente da braquiária, que parece ser a base de sua alimentação em áreas alteradas pelo homem. As populações mais meridionais são migratórias e deslocam-se para latitudes mais baixas nos meses mais frios.

Alimentação

Congregam-se nos capinzais soltando grãos e usam o bico forte para quebrar as sementes. O nome papa-arroz vem do hábito de também usarem plantações de arroz como fonte de alimentação. Além do arroz, adaptaram-se às várias gramíneas trazidas da África e acompanharam a expansão da pecuária nas áreas anteriormente florestadas.

Nidificação

No período reprodutivo (outubro a fevereiro), o casal afasta-se do grupo e estabelece seu território. O ninho e todas as demais tarefas correspondem à fêmea, ficando o macho com a atribuição de cantar para afastar outros coleiros da área. Apesar de viver nas áreas abertas, procura árvores da borda das matas nos horários quentes do dia e nidifica em árvores e arbustos do contato mata/campo aberto. O ninho, feito à base de gramíneas, raízes e outras fibras vegetais é construído em forma de tigela rasa sobre arbustos a poucos metros do solo. A fêmea põe geralmente 2 ovos, que são incubados por cerca de duas semanas, Cada fêmea choca 3/4 vezes por ano. Os filhotes abandonam o ninho após 13 dias de vida e com 35 dias, já estão aptos a comerem sozinhos, e atingem a maturidade sexual logo no primeiro ano de vida, podendo viver em média de 10 a 12 anos.

Curiosidade

Também conhecido como coleiro, coleirinha, papa-capim ou papa-arroz. É a espécie mais popular do grupo dos papa-capins, sendo também a mais abundante na maioria dos locais onde ocorre. Devido ao apreço por seu belo canto, o coleirinho é também uma das aves nativas mais comumente criadas em cativeiro e conseqüentemente uma das espécies mais capturadas por alçapões e outras armadilhas. PRINCIPAIS AMEAÇAS: Captura indiscriminada para apreciadores de pássaros canoros e tráfico de animais.

Referências

SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997. 863p.


Espécie disponível em: http://www.wikiaves.com.br. Acesso em 12 de abril de 2010.

Imagens
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
Você sócio do COAVE, tem imagens desta ave que gostaria de
compartilhar na Biblioteca de Aves, envie para nós, clicando aqui
Entre em contato
com o COAVE
Associe-se ao
COAVE e acompanhe
nosso trabalho
Região turística do Vale Europeu - Santa Catarina - Brasil | By Vale da Web