Biblioteca de Áves
Home » Biblioteca de Aves » Cambacica
Nome Popular

Cambacica


Outros nomes populares
Sebinho, Papa-banana


Nome Científico
Coereba flaveola


Nome em Inglês
Bananaquit

Família

Coerebidae

Tamanho

11 cm

Descrição

Tem o dorso marrom, o peito e o abdome amarelo, o pescoço cinza e a cabeça listrada preta e branca. Não apresentando diferenças na plumagem em relação aos machos e fêmeas.

Habitat

É comum em uma grande variedade de hábitats abertos e semi-abertos onde existam flores, inclusive em quintais. Vive solitária ou aos pares e é bastante ativa. Toma banho muitas vezes, por causa do contato com o néctar pegajoso. Seu canto é relativamente forte, simples e monótono, e emitido incansavelmente. Geralmente está no meio das folhas e movimenta-se pelo interior da copa. Entretanto, voa bem e atravessa áreas abertas entre matas ou para visitar uma árvore isolada e florida em um campo. Também visita arbustos isolados e próximos à mata. Adapta-se facilmente a ambientes urbanos, sendo comum até em cidades do porte de São Paulo e Rio de Janeiro.

Alimentação

Néctar e artrópodes. Para coletar alimento, em qualquer altura, agarra-se firmemente à coroa das flores e com o bico curvo e pontiagudo perfura o cálice, atingindo assim os nectários. Visita também as garrafas de água açucarada, destinadas a atrair beija-flores.

Nidificação

Faz ninho esférico que pode ser de dois tipos, segundo sua finalidade: 1) construído pelo casal para reprodução, o qual é relativamente alto e bem acabado, de acesso pequeno, superior e dirigido para baixo, coberto por longo alpendre que veda a entrada, de parede grossa e compacta, feito de palhas, folhas, capins e teias de aranhas. a câmara incubatória localiza-se no centro, com a entrada às vezes protegida por palha.
2) construído para descanso e pernoite, o qual é menor, mais achatado, de construção frouxa e com entrada larga e baixa. Põe de 2 a 3 ovos branco-amarelados, com pintas marrom-avermelhadas. A incubação é feita exclusivamente pela fêmea.

Curiosidade

Canta a qualquer hora do dia e em qualquer época do ano. A fêmea também canta, mas pouco e por menos tempo. Para amedrontar um rival, põe-se de pé, estica o corpo e vibra as asas. Muito briguentas, as cambacicas chegam a cair engalfinhadas no solo, onde continuam a luta. Na busca por alimento, muitas vezes fica de cabeça para baixo em um galho, visando atingir a flor. É também conhecida como mariquita, chiquita (Rio de Janeiro), caga-sebo, sebito, sebinho, papa-banana (Rio Grande do Sul), saí e tem-tem-coroado (Pará). Nos sistemas classificativos anteriores à taxonomia de Sibley-Ahlquist, a cambacica classificava-se numa família própria, Coerebidae.

Referências

SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997. 863p.


Espécie disponível em: http://www.wikiaves.com.br. Acesso em 12 de abril de 2010.

Imagens
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
Você sócio do COAVE, tem imagens desta ave que gostaria de
compartilhar na Biblioteca de Aves, envie para nós, clicando aqui
Entre em contato
com o COAVE
Associe-se ao
COAVE e acompanhe
nosso trabalho
Região turística do Vale Europeu - Santa Catarina - Brasil | By Vale da Web