Biblioteca de Áves
Home » Biblioteca de Aves » Araponga
Nome Popular

Araponga


Outros nomes populares
Ferreiro


Nome Científico
Procnias nudicollis


Nome em Inglês
Bare-throated Bellbird

Família

Cotingidae

Tamanho

27 cm

Descrição

Branca, lembrando de longe um pombo-correio, de garganta e faces nuas e esverdeadas como que cobertas de verde.Possui a cabeça achatada, boca alargada e ampla, o bico é curto. Os machos adultos são inteiramente brancos, exceto os lados da cabeça e garganta que são nus, de cor verde acobreada onde se implantam raras cerdas pretas, bico preto e pés pardos, a garganta é cinzenta onde entremeiam-se estrias negras. Crisso amarelo. Substitui as penas verdes sucessivamente por cinzento-esverdeado e brancas, as últimas em partes vermiculadas de cinzento, o macho torna-se totalmente branco com 3 anos de idade.

Dimorfismo sexual

Fêmea menor com partes superiores verdes, mas de cabeça cinza e partes inferiores estriadas de amarelo-esverdeado e cinzento. Macho imaturo semelhante à fêmea, mas com cabeça e garganta negras. O dimorfismo ocorre a partir dos 2 anos de idade.

Habitat

Vive na mata primaria, também invade capoeiras caso haja fruteiras; tanto nas montanhas quanto nas baixadas.Tem um comportamento bastante social no grupo, que tem moradia fixa em árvores, podendo passar muitos anos habitando uma mesma área, até mesmo por várias gerações de uma mesma família. É uma ave migratória. Habita floresta preservada, capoeiras com fruteiras, matas litorâneas e Mata Atlântica.
As aves pertencentes a família Cotingidae estão entre as mais eficientes disseminadoras das plantas cujos frutos se alimentam. Isto porque o poder germinativo das sementes não é prejudicado ao passar pelo trato digestivo dessas aves, podendo ser inclusive maximizado. É procuradíssima pelo mercado de “aves de gaiola” devido ao seu canto e coloração característicos. A captura ilegal da araponga em vida livre e a crescente destruição de seu habitat são os principais motivos de ameaça.

Alimentação

Alimenta-se de frutas, bagas suculentas e insetos.

Nidificação

O macho elege certos galhos de árvores, que são usados anos por muitos anos, para sua cerimônia de canto atraindo várias fêmeas. Os machos de outras espécies como o pavó, por exemplo, se associam para cantar juntos formando uma verdadeira “arena”. Sua reprodução ocorre no final do ano. O ninho é como uma tigela rasa lembrando o de pombos silvestres. Todo cuidado parental fica por conta da fêmea. É ela quem constrói o ninho e se incumbe da criação dos filhotes. A postura é de cerca de 2 ovos, o período de incubação de 23 dias e os filhotes saem do ninho com 27 dias de idade.

Curiosidade

O nome Araponga é indígena e vem de ara (ave) e ponga (soar). Espécie vulnerável que já esta ameaçada no estado de São Paulo. As aves pertencentes a família Cotingidae estão entre as mais eficientes disseminadoras das plantas cujos frutos se alimentam. Isto porque o poder germinativo das sementes não é prejudicado ao passar pelo trato digestivo dessas aves, podendo ser inclusive maximizado. É procuradíssima pelo mercado de “aves de gaiola” devido ao seu canto e coloração característicos. A captura ilegal da araponga em vida livre e a crescente destruição de seu habitat são os principais motivos de ameaça.

Referências

SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997. 863p.

Espécie disponível em: http://www.wikiaves.com.br. Acesso em 18 de março de 2010.

Imagens
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
  • title=
Você sócio do COAVE, tem imagens desta ave que gostaria de
compartilhar na Biblioteca de Aves, envie para nós, clicando aqui
Entre em contato
com o COAVE
Associe-se ao
COAVE e acompanhe
nosso trabalho
Região turística do Vale Europeu - Santa Catarina - Brasil | By Vale da Web