Biblioteca de Áves
Home » Biblioteca de Aves » Bico-chato-de-orelha-preta
Nome Popular

Bico-chato-de-orelha-preta


Nome Científico
Tolmomyias sulphurescens


Nome em Inglês
Yellow-olive Flycatcher

Família

Tyrannidae

Tamanho

4,5 cm

Descrição

Papa-moscas comum, silvícola, de tamanho médio.
Pode-se notar a cor acinzentada da cabeça, onde ressalta-se uma área branca ao redor dos olhos e à frente, até o bico. O bico é branco embaixo e escuro encima, outra detalhe importante na determinação. Garganta clara. Nas asas, duas faixas amareladas, com as penas longas de vôo com a borda claro. Barriga amarelada, com o peito levemente acinzentado. O canto é chamativo e depois de aprendido, fica mais fácil de localizar a ave. Canta o ano inteiro, sendo que de julho a dezembro emite o chamado durante todo o dia. Fica ativo até nas horas mais quentes do dia, com seu assobio alto, composto de duas ou três notas agudas. Em geral, o primeiro é mais curto, com os seguintes um pouco mais demorados, sempre espaçados entre si. Há variação individual no timbre, no espaçamento e no número de notas.

Dimorfismo juvenil

Na ave adulta, o olho é cinza claro, característica ótima para identificá-lo (no juvenil, olho marrom).

Habitat

Vive na mata alta, nas copas, às vezes também mais baixo.
Insetívoro da parte média da mata seca e cerradão, ocasionalmente em manchas mais largas de mata ciliar em área sem inundação. Comum nos ambientes típicos, difícil de ser observado pela camuflagem da cor olivácea do corpo com a folhagem. Pousa em locais expostos (galhos e cipós), É residente o ano todo no mesmo local.

Alimentação

Os insetos que ocorrem entre a folhagem e ramos são visualizados e então capturados; eventualmente executam vôos curtos ou mesmo acrobáticos para apanhar um inseto que foge.

Nidificação

Constrói um dos ninhos mais interessantes, juntando fibras negra de um fungo, Marasmius, encontrado entre as raízes das árvores (as fibras não são trançadas, apesar da aparência). Faz uma bola dependurada, com uma entrada lateral em forma de túnel virado para baixo, mais comprido do que o ninho propriamente dito. Está sempre na ponta de galhos finos e na parte baixa ou média da árvore, normalmente no interior da mata. Canta muito próximo ao ninho. Os 2 ou 3 ovos. Geralmente é a fêmea quem se ocupa da incubação dos ovos, embora às vezes substituída pelo macho, durante 17 a 19 dias. Os filhotes abandonam o ninho com 22 a 24 dias de vida.

Curiosidade

O comportamento de ficar parado à espera de uma presa passando também dificulta a localização. Depois de visualizado, é fácil de ser seguido, por dar pequenos vôos até o próximo poleiro. Territorial, vive solitário ou em casais.

Referências

SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997. 863p.


Espécie disponível em: http://www.wikiaves.com.br. Acesso em 18 de março de 2010.

Imagens
  • title=
  • title=
Você sócio do COAVE, tem imagens desta ave que gostaria de
compartilhar na Biblioteca de Aves, envie para nós, clicando aqui
Entre em contato
com o COAVE
Associe-se ao
COAVE e acompanhe
nosso trabalho
Região turística do Vale Europeu - Santa Catarina - Brasil | By Vale da Web